Esse artigo foi retirado do site www.livrosdocoracao.com.br

Tal mãe, Tal filha

Allison Hamilton não se preocupa com outra coisa além de sua carreira e ascensão, é uma das melhores produtoras executivas de moda, na conceituada Revista Heat. Tudo caminha maravilhosamente bem, Allison tem a perspectiva de uma promoção em breve e uma maneira de esfregar seu sucesso na cara de sua prima, Carolyn. Allison só precisa resolver um pequeno contratempo — para conseguir a promoção, impressionar a equipe e mostrar o quanto é apta e maravilhosa, ela tem de apresentar sua filha à chefe —, o problema? Allison não tem uma filha.
Amy Evans acabou de fazer dez anos e se orgulha disso. Passou muito tempo tendo o que queria e na hora que queria, aprontando e se aproveitando bastante do fato de ser órfã de mãe e ter um pai ocupado demais, que se culpava por não dar à filha uma família convencional, como a que ele teve. Mas Amy passou de todos os limites e agora estava sem qualquer regalia. Seus problemas parecem ter uma solução quando sua vizinha, Allison Hamilton, precisa de uma família “Express”. Conforme Amy começa a conhecer melhor sua mãe de mentirinha, percebe que Allison pode ser a resposta para todas as questões que transformaram os Evans num fiasco.

Por em 26 de junho de 2017
Por Bianca Patacho em 26 de junho de 2017

2 respostas para “Tal mãe, Tal filha”

  1. Clara de Assis disse:

    :O ficou tão bonita a sua resenha! E sem nenhum spoiler hahaha <3 Puxa, muito obrigada por esse carinho, Bianca, é sempre gratificante ter uma leitora como você, que em off já me deu vários puxões de orelha (inclusive na frente da minha editora hahahahaha). Fiquei muito feliz com a resenha, como sempre o seu trabalho é impecável <3 Obrigada.

  2. […] aqui a resenha do […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *